Artemisia seleciona startups de impacto social para programa de aceleração

Produção Printec Comunicação/ Artemisia

Pioneira na disseminação e fomento de negócios de impacto social, a Artemisia está em busca de negócios que oferecem, de forma intencional, soluções escaláveis para resolver problemas sociais que atingem a população de baixa renda. O programa intensivo da Aceleradora desafia os empreendedores a testar, na prática, novos modelos de receita e a refinar o impacto social em um ambiente de cocriação e colaboração – um processo que envolve comunidades de baixa renda, empreendedores, mentores e investidores. Com cinco meses de duração, o processo tem por objetivo acelerar o crescimento do negócio em um curto período de tempo, além de potencializar o impacto social da solução e preparar e conectar o empreendedor com potenciais investidores. 

Entre os critérios de seleção da Aceleradora estão o impacto social – negócios com produtos e serviços desenhados para melhorar a qualidade de vida da população de baixa renda; empreendedores com intenção genuína de mudar o Brasil para melhor; potencial de escala (modelos lucrativos com soluções escaláveis); e estágio de maturidade. São elegíveis negócios de impacto social com protótipo/produto em fase de testes no mercado até startups com produtos lançados e que buscam rápido crescimento. Entre as novidades da edição 2016 – a única do ano –, a Artemisia anuncia que está ampliando a busca para os setores de Água/Saneamento e Empregabilidade, além dos quatro setores nos quais já atua: Saúde, Educação, Serviços Financeiros, Habitação. A ampliação da aceleração para cinco meses de duração também é uma das novidades da edição.

Nos últimos cinco anos, 79 negócios foram acelerados pela Artemisia; desses, 52% receberam investimentos, que no total, somam mais de R$ 43 milhões. Esses negócios impactaram a vida de mais de 23 milhões de pessoas; 91% dos negócios que passaram pela Aceleradora permanecem ativos – comprovando a expertise da Artemisia não apenas em atender as reais necessidades dos empreendedores, como em reconhecer as oportunidades de negócios que geram alto impacto na população de baixa renda. Em 11 anos de atuação, a organização ajuda os empreendedores de impacto a vencerem os principais desafios para que ultrapassem as barreiras iniciais, a fim de alcançarem resultados econômicos e sociais em larga escala. 

 

Relacionados